Mais resultados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Bomba de Pintura
Pistola de Pintura
Tanque de Pressão
Bomba Duplo Diaframa
Acessórios p/ Pintura Industrial

Pintura de container: entenda como ela é feita!

Você quer realizar a pintura de um container, mas não sabe por onde começar? Essa pintura é muito importante para garantir a proteção e durabilidade desses equipamentos. 

Por isso, é essencial que você faça a pintura de container de maneira eficaz, para que eles sejam utilizados na logística e transporte de mercadorias ao redor do mundo. 

Além de proteger o equipamento, a pintura de container é uma maneira de personalizá-lo, podendo o transformar em um elemento de destaque num ambiente. 

No entanto, a pintura de container não pode acontecer de qualquer maneira, é necessário utilizar técnicas específicas para realizar esse processo. 

Por isso, neste artigo, a Tornado trouxe dicas e o passo-a-passo de como pintar um container da melhor maneira possível. 

Pintura de container: como é feita?

Pode até parecer simples fazer uma pintura de container, mas para realizar esse processo é necessário contar com técnicas específicas e muita preparação. 

Sem essa técnicas, você não garante um resultado de qualidade e durabilidade e a peça pode se tornar defeituosa. 

Por isso, a pintura de um container é divida em quatro etapas principais, sendo elas: 

  • Preparação da superfície: O usuário deverá realizar a limpeza completa da peça, remover qualquer vestígio de ferrugem ou corrosão e aplicar um desengraxante para garantir a limpeza completa. Em seguida, é necessário lixar a superfície para remover as imperfeições do equipamento; 
  • Aplicação do primer: Após realizar os procedimentos iniciais, é necessário aplicar o primer. O primer é uma camada de tinta que ajuda a selar e preparar a superfície para a aplicação de tinta. Além disso, o primer também ajuda na durabilidade da pintura; 
  • Aplicação da tinta: Podemos dizer que essa é a hora principal. A aplicação da tinta dependerá do seu tipo, seja acrílica, esmalte, epóxi e poliuretano. A decisão pode mudar de acordo com o tipo de container. Aplique a tinta em camadas uniformes e verifique se as camadas estão totalmente secas para a aplicação das outras; 
  • Acabamento: Após a aplicação da tinta em camadas, finalmente chegou a hora do acabamento. Nessa hora é preciso aplicar o verniz ou selador para proteger a pintura contra elementos externos. 

Viu como a pintura de um container precisa de técnicas e muito cuidado? Portanto, se for realizar a pintura individualmente, siga estritamente os passos citados.

Não se esqueça que é muito importante respeitar o tempo de cura de cada tinta. Geralmente, tintas de alto desempenho recomendam aguardar 7 dias.

Durante o acabamento, é fundamental que você realize os testes de qualidade, ou teste de aderência, conforme os padrões da ABNT.   

Container suspenso por maquinário, em ambiente externo com vários outros containers empilhados, simbolizando tipos de pintura de container

Qual é o tipo ideal de tinta para pintura de container?

Apesar dos passos de pintura de container serem simples, é necessário escolher as tintas certas para executar esse procedimento. 

O tipo de tinta para a pintura de container varia de acordo com alguns pontos, como material do equipamento e condições ambientais. 

Porém, existem alguns tipos populares de tintas para a pintura de containers. A seguir separamos as características de cada uma. Confira! 

Epóxi 

Uma das principais opções de tintas para pintura de container é a epóxi. Ela possui uma alta resistência à corrosão e suporta quantidades extremas de temperatura e umidade. 

Essa é a opção ideal para a pintura de containers que serão expostas a ambientes marítimos ou químicos. 

Acrílico 

Outra opção muito popular para a pintura de containers é a tinta acrílica, que é utilizada especialmente em equipamentos que ficarão em ambientes internos. 

Essa é uma opção muito popular pelo fato de ter fácil aplicação e também seca rapidamente. Porém, ela não tem grande durabilidade se comparada a epóxi. 

Poliuretano 

Por fim, e não menos importante, não podemos esquecer de falar do poliuretano. Esse tipo de tinta possui uma alta resistência a raios UV e tem alta durabilidade. 

Além disso, ela também é resistente à abrasão, sendo considerada muito simples de limpar. Ou seja, é uma ótima opção container que será exposto em ambientes externos. 

Quais são as técnicas utilizadas na pintura de container?

Containers empilhados em ambiente externo, simbolizando técnicas para pintura de container

Agora que você já conhece as principais tintas para a pintura de container, está na hora de saber as técnicas mais utilizadas para executar esse procedimento. 

Atualmente, existem dois tipos de técnicas que podem ser utilizadas para a pintura de containers, sendo elas: Eletrostática e Airless. 

Para você saber qual é a melhor técnica para a pintura do seu container, separamos a explicação sobre cada um desses métodos. 

Pintura Airless

A pintura airless é um dos métodos mais simples e não precisa ser feito por um especialista. Ou seja, qualquer pessoa poderá utilizar essa técnica. 

Além disso, esse método não precisa de uma estufa para ser feito de maneira correta. Tudo que será preciso é uma pistola para pintura que não utilize ar para pulverizar a tinta. 

O equipamento de pintura airless possui uma bomba que pressuriza a tinta e um bico pulverizador que atomiza a tinta, formando uma névoa fina para aplicação uniforme. 

Essa técnica de pintura de container é um método de alta pressão, ou seja, a tinta é forçada através do bico pulverizador, sem a utilização de ar. 

Esse sistema permite que a tinta seja aplicada na superfície do container de maneira uniforme e sem marcas de pincel, proporcionando uma aparência suave e profissional. 

Pintura Eletrostática 

Diferentemente da pintura airless, a eletrostática é uma técnica que necessita mais conhecimento do usuário que estiver realizando o serviço. 

A pintura eletrostática em container é um processo que revestirá a superfície, utilizando eletricidade estática para aderir à tinta ao material do container. 

Na pintura eletrostática, a tinta é aplicada em pó utilizando um equipamento de pulverização eletrostática. 

Durante o processo, uma carga elétrica é aplicada na tinta em pó, criando uma carga negativa na superfície do container. 

Isso faz com que as partículas de tinta em pó sejam atraídas pela superfície do container, criando um revestimento uniforme e aderente. 

Após a aplicação da tinta, o container é colocado em uma estufa para cura. Nesse processo, a tinta em pó se funde e adere permanentemente à superfície do container. 

Se você deseja ter uma máquina de pintura de containers precisa, conte com a Tornado. Atuamos desde 1988 e utilizamos tecnologia internacional para oferecer produtos de qualidade e eficiência! 

Conclusão 

Agora que você já sabe as técnicas e os tipos de tintas ideais para pintura de container, você já está preparado para dar o primeiro passo do seu projeto. 

A pintura de container é um processo essencial para proteger a aparência e a integridade desses equipamentos. 

Existem dois tipos de pintura de container: Airless e Eletrostática. Ambas são ótimos escolhas, mas é necessário saber qual a ideal para o seu container. 

Além disso, não se esqueça de escolher o tipo de tinta para realizar a sua pintura da melhor maneira possível. 

Por fim, lembre-se que o equipamento de pintura é essencial para ter um resultado eficaz e de qualidade. Portanto, conte com uma empresa especializada no assunto, como a Tornado. 

Leia também “Tanque de pintura industrial: entenda o que é e seus benefícios

Compartilhar:

Artigos Relacionados

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress