Pintura PU: Saiba qual a aplicabilidade e se vale a pena usar

pintura epoxi
Pintura Epóxi: Como é feita, aplicabilidades e dicas para utilizar!
outubro 28, 2021
pintura com compressor
Pintura com compressor e pintura Airless: Qual a diferença?
novembro 4, 2021
pintura pu

A pintura PU usa tinta à base de poliuretano para o revestimento de ambientes externos com boa durabilidade e resistência a raios UV. Conheça a pintura PU.

A pintura PU é um procedimento realizado para revestir diversas superfícies e estruturas.

Sendo comum tanto na área residencial quanto industrial, ela utiliza tinta à base de poliuretano, que oferece boa durabilidade e flexibilidade.

Em geral, muitas pessoas ficam com dúvidas na hora de escolher o melhor material para realizar um procedimento de pintura.

Apesar de envolver benefícios em relação a outros revestimentos, a pintura PU também possui algumas limitações.

Quer saber mais sobre tinta PU e descobrir se a pintura com esse material vale mesmo a pena? Continue lendo o artigo abaixo!

O que é tinta PU?

A tinta PU é uma tinta à base de resina poliuretano, bicomponente, com resistência à abrasão, aos raios ultravioleta e à chuva.

O produto possui espessura de trabalho de o,15mm a 0,2mm.

Por conta dessas características, a pintura com poliuretano é indicada para ambientes externos sujeitos à forte ação solar.

É possível afirmar que a tinta PU é eficaz para o revestimento de superfícies como:

  • Cimentados;
  • Tubulações;
  • Estruturas metálicas;
  • Tanques.

Além da resistência, a tinta PU tem um alto brilho, não exigindo a aplicação de verniz quando direcionada ao setor automotivo.

O segmento, inclusive, é um dos que mais utiliza o material à base de poliuretano.

Isso porque a tinta PU oferece a proteção adequada contra condições climáticas e agentes químicos capazes de danificar a superfície dos veículos.

Além da pigmentação uniforme, a pintura PU permite a adição de componentes complementares.

Dessa forma, possibilitando a criação de diferentes tipos de acabamentos.

Quais são as aplicações da pintura PU?

aplicações da pintura PU

A pintura com tinta de poliuretano oferece mais velocidade e ótimo custo-benefício por conta de sua ótima aderência.

Alguns dos serviços de pintura automotiva que utilizam tinta PU são:

  • Revestimentos;
  • Pinturas parciais;
  • Retoques.

No entanto, não é só no setor automobilístico que a pintura PU é realizada.

Quando em menor escala, a tinta poliuretano PU pode ser aplicada em madeiras e outras superfícies de alvenaria.

O poliuretano é um produto sólido com aparência de espuma e capacidade de se tornar impermeável a partir de modificação química.

Sendo assim, a tinta à base de PU também pode funcionar como proteção para diferentes locais onde for aplicada, como pisos e metais.

Sua característica resistente confere maior durabilidade para superfícies e materiais com exposição às ações climáticas, como sol e chuva, e a produtos químicos.

No que se refere ao revestimento e recuperação de pisos, a pintura PU está entre as principais opções buscadas pelas empresas.

Preparação

Para utilizar uma tinta poliuretano, é importante saber como realizar a catálise da tinta de modo correto.

Assim, evitando problemas com o desplacamento do material ou reações químicas adversas.

Logo ao comprar uma tinta PU, também é enviado um catalisador que deve ser misturado no produto.

Seu objetivo é fazer com que a tinta possa secar dentro do prazo correto.

Quando a catalização não é realizada corretamente, a pintura PU pode apresentar um resultado emborrachado.

Em outros casos, ela pode chegar a ferver.

Quando isso acontece, ocorre também o surgimento de bolhas e rachaduras, que prejudicam todo o resultado da pintura PU.

Os fabricantes enviam copos de medidas a serem usados na preparação da tinta à base de poliuretano.

Para não desperdiçar seu material, siga as instruções contidas na embalagem e utilize apenas os materiais indicados pelo fabricante.

Quais são os tipos de pintura PU?

A tinta à base de poliuretano apresenta diversas características quando utilizada para revestimentos, sendo as principais:

  • Resistência à corrosão;
  • Resistência a produtos químicos;
  • Retenção de cor;
  • Forte brilho;
  • Facilidade de limpeza;
  • Forte aderência.

Em geral, existem diversos tipos de pintura PU existentes, cada um com sua particularidade e finalidade específica.

Confira abaixo os principais tipos de pintura PU:

Pintura Sólida

Considerado um tipo básico de pintura, a pintura sólida é a que está presente em grande parte dos veículos que vemos diariamente.

Por ser mais simples e ter um excelente custo-benefício, ela não costuma modificar o valor final dos veículos.

Geralmente disponível nas cores branco, vermelho e preto, ela utiliza tintas com poliuretano ou poliéster em suas fórmulas.

No entanto, quando com tinta PU, o forte brilho oferecido dispensa a aplicação de verniz.

Pintura Metálica

A pintura metálica tem como grande diferencial a presença de pigmentos de alumínio em sua composição.

Para isso, ela inclui um processo chamado de carga de efeito, que adiciona ao pigmento à base de PU uma camada de laca e flocos de alumínio.

O resultado dessa técnica é fazer com que a pintura apresente um reflexo intenso e cor mais viva ao receber a incidência de luz.

O efeito vibrante faz com que os automóveis tenham sempre uma aparência mais brilhante e de carro limpo.

Por conter itens adicionais, a Pintura Metálica impacta o preço final do automóvel.

Além disso, também exige alguns cuidados especiais durante a manutenção ou repintura.

Pintura Perolizada

A Pintura Perolizada é a técnica mais elaborada das pinturas PU.

Tendo como base o pigmento com origem mineral (mica) e pó de pérola, ela faz com que a superfície apresente diferentes tonalidades dependendo do ambiente.

Uma das variações mais conhecidas é a cor branca com tom perolado, sendo também a mais cara de todas.

É importante ressaltar que, apesar de ser mais popular no setor automotivo, essas técnicas podem ser direcionadas a outros segmentos.

Pintura com Spray

Comumente usadas para a customização de itens, a técnica com uso de tintas PU em spray não oferece uma boa durabilidade.

Diferente das tintas fabricadas para uso em pistolas de pintura, elas descascam com facilidade e possuem tonalidades limitadas.

Dessa forma, sendo uma opção amadora para a realização de pintura PU.

Pintura Airless

A pintura airless é uma técnica que utiliza equipamentos de alta pressão para pulverizar uma tinta e projeta suas partículas em forma de leque.

Sua tecnologia permite que a matéria-prima seja borrifada em alta velocidade sem a formar névoa ou gerar respingos.

No caso da Pintura Airless com tinta PU, o maior benefício está na economia de produto e velocidade de aplicação.

Como se usa a tinta PU?

pintura pu

Como visto, existem diversas técnicas para utilizar a tinta PU para a cobertura de superfícies e devida proteção contra agentes externos.

Seja no setor automobilístico ou em áreas industriais para o revestimento de pisos e tubulações, a tinta PU pode ser bastante eficiente.

Qual a diferença da tinta PU para Epóxi?

É comum que haja dúvidas entre a resina epóxi e a resina poliuretano. 

No entanto, apesar de atenderem a finalidades semelhantes, elas possuem algumas diferenças relevantes.

A epóxi tem composição menos brilhante e alta resistência, sendo ideal para impermeabilização de diversos locais.

Sua aplicação por meio de pintura epóxi é rápida e oferece proteção contra o tráfego intenso de pessoas ou equipamentos pesados.

No entanto, apesar de sua resistência química, o revestimento por epóxi é recomendado para ambientes internos.

Isso porque, ao contrário do poliuretano, ele não suporta raios UV, sofrendo alterações em sua cor quando aplicado em áreas externas.

Por dispensar o uso de água, o acabamento do poliuretano tende a ser diferenciado.

Vale a pena usar a tinta PU?

Sem dúvidas, a tinta PU oferece diversas vantagens quando utilizada nos ambientes adequados.

Oferecendo grande resistência às variações térmicas, ela é ideal para espaços como:

  • Indústrias químicas;
  • Indústrias farmacêuticas; 
  • Indústrias automobilísticas;
  • Laboratórios;
  • Pisos industriais.

Outro ponto positivo das tintas PU é a alta flexibilidade mecânica.

Tal característica evita o surgimento de rachaduras e trincas nos pisos ou superfícies em que a pintura PU for realizada.

Assim como a epóxi, o revestimento por PU também permite uma rápida limpeza e conservação.

Perguntas frequentes sobre pintura PU

Listamos abaixo algumas perguntas frequentes relacionadas ao uso de tintas PU em procedimentos de pintura:

O que é diluente para PU?

O diluente para PU é o produto indicado para a limpeza, diluição e aceleração do processo de secagem de tintas à base de poliuretano.

Fundamental na preparação de tintas PU, ele deve ser aplicado seguindo criteriosamente as orientações de cada fabricante.

Assim, evitando problemas como um resultado emborrachado ou surgimento de bolhas no revestimento com resina poliuretano.

Pode diluir tinta PU com thinner?

Sim. Existem opções de thinner ideais para a diluição de tintas à base de poliuretano, como o Thinner PU ou Thinner 9500 – Especial Poliuretano/P.U.

O produto também pode ser utilizado na diluição de tintas à base de poliéster.

Se você pensa em realizar pintura PU, provavelmente quer deseja alcançar um revestimento com resultado 100% satisfatório.

Para isso, o uso de equipamentos com tecnologia especializada em procedimentos de pintura é a melhor opção.

Confira os melhores equipamentos para pintura industrial no site da Tornado!

Conclusão

Neste artigo, você aprendeu o que é a pintura PU e quais os diferentes modos de utilizar o poliuretano para fazer revestimentos e coberturas em diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *